Juventus – AP: Amapaense cria time sonhado ao lado de esposa que faleceu de câncer

Josiel Lima protocolou filiação da equipe na Federação Amapaense de Futebol (FAF). Clube vai se chamar Juventus – AP

Apaixonados por futebol, Josiel Lima e Wany Lima, iniciaram o sonho de criar um time de futebol juntos. Os dois decidiram que o nome da equipe seria Juventus por conta da famosa equipe italiana. Wany acabou falecendo de câncer em dezembro de 2020, mas Josiel seguiu em frente com o sonho do casal.

O inicio do clube foi ideia de Wany, que já estava se tratando de um câncer no pulmão, e via a preocupação do seu esposo com relação as dividas do clube que era presidente na época.

“No ano de 2015, fui eleito Presidente de um grande Clube de nossa Capital, infelizmente não houve transição, por conta disso não tinha ideia como estava a saúde financeira do Clube, e no decorrer do mandato vi que esse Clube estava na UTI, tentei de todas as formas recuperar esse Clube, quando estava quase chegando lá, minha amiga e amada esposa adoeceu gravemente, era câncer no Pulmão. Tive que me licenciar do Clube e viajei com ela pra Fortaleza/CE, e lá passamos 9 meses, mesmo distante vivia aflito com a situação do Clube, minha amiga e amada esposa vendo a minha aflição, me chamou e disse! Pai, vejo você todos os dias preocupado por conta do Clube, fica pagando dívidas que não foi você quem criou, porquê você não cria um Clube, você é apaixonado por esporte e eu aprendi a amar o esporte por sua causa, eu te amo, não quero vê você assim, vamos, eu dou todo o apoio pra essa caminhada.”, conta Josiel.

O presidente do clube conta que pensou em desistir da criação da equipe para ficar dando todo o suporte para sua esposa.

“Em 2017 meu grande amor voltou à ter câncer, dessa vez no estômago e pulmão, não conseguia pensar em outra coisa, só queria está ao lado dela, cuidar dela em todos os momentos, me dedicava 24h pra ela, afinal ela era e é a minha alegria, pôr isso pensei em desistir, meus olhos eram voltados todos pra ela, com o passar do tempo ela ficou curada, então voltamos pra casa.”.

CONHEÇA O CANAL DO CATRAIA DIGITAL NO TWITTER. CLIQUE E SIGA!

Os filhos Luã, Luana e o filho mais novo Renan fazem parte da construção da equipe, o caçula inclusive morava em Portugal e havia sido aceito em testes no Sporting, clube que revelou Cristiano Ronaldo. “Meus filhos são Maravilhosos, O primogênito Luã, é jogador de futebol, ele têm um carinho muito grande pela mãe e por nós, depois que a mãe subiu pra glória de DEUS, ele se debruçou com toda força nesse projeto, a Luana, não foi diferente, uma menina meiga, representa a mãe, está empenhada e na torcida, o Renan é o caçula, estava em Portugal, fez teste no Sporting, passou, mas teve que vim embora por conta da pandemia, depois que a mãe subiu pra glória de DEUS, também não mediu esforços para que tudo viesse à dá certo.”, contou Josiel.

Filhos de Josiel, que formam a diretoria do clube. Foto: Divulgação/FFC

O presidente da equipe confirmou que os dirigentes já estão iniciando os planejamentos da equipe para chegar no profissional, o clube ainda precisa jogar por dois anos competições não profissionais, além de pagar taxas estaduais e nacionais para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pretende trazer somente atletas do estado do Amapá.

“A ideia inicial é conquistar o máximo de sócios torcedores, e estipular uma mensalidade de R$ 20,00 mensal, queremos, é vamos atingir a meta de 4.000 torcedores, depois buscar patrocínios de pequenas e grandes empresas em Macapá, construir nosso CT, e fazer parcerias com as escolinhas de todo o Estado do Amapá. Por fim, disputar as competições só com atletas oriundos de nosso Estado.”.

Josiel conta que ainda pretende fazer uma série de homenagens para sua esposa no clube, principalmente no uniforme. “Todas as camisas estarão estampadas a foto dela, as camisas e shorts terão também os números 28, 10, 73, 47 o primeiro, é o dia em que ela nasceu, o segundo, é o mês em que ela nasceu, o terceiro, é o ano em que ela nasceu, e o quarto, é a idade que ela viveu aqui e depois subiu pra glória de DEUS, além disso ela será lembrada como uma guerreira, no hino do Clube terá o refrão (Pra ser Juventus tem que ser guerreiro como a Wany foi).”. Wany também gostaria que o clube fosse uma homenagem para o seu marido, chamando o clube de Joventus, por conta do nome de seu esposo.

Wany sempre esteve ao lado de Josiel planejando cada experiência e sonhando junto com o esposo a criação da Juventus.

Leia mais:

Muito mais do que um joguinho: E-sports começa a se desenvolver no Amapá


Facebook Comments Box

Luan Coutinho

Acadêmico de jornalismo e repórter no site Catraia Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.