Relatório mostra que invasões das terras indígenas cresce de forma alarmante no Brasil

Segundo o Relatório Violência Contra os Povos Indígenas do Brasil houve um crescimento na expropriações de terras e violência contra indígenas

O Relatório Violência Contra os Povos Indígenas do Brasil de 2019, publicado anualmente pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), traz um dado alarmante sobre o atual cenário vivido em terras indígenas no país. O Relatório mostra que, no passado, houve o aumento de casos em 16 dos 19 tipos de violência sistematizadas pela publicação. 

CONHEÇA O CANAL DO CATRAIA DIGITAL NO TWITTER. CLIQUE E SIGA!

O que mais chama atenção foi um aumento na categoria “invasões possessórias, exploração ilegal de recursos e danos ao patrimônio” que mais que dobrou na último ano, passando de 109 casos registrados em 2018, para 256 casos em 2019.

Além disso, houve o registro de aumento em outras categorias:  “conflitos territoriais”, que passou de 11 para 35 casos em 2019; “ameaça de morte”, que passou de oito para 33; “ameaças várias”, que foi de 14 para 34 casos; ‘lesões corporais dolosas’, que quase triplicou o número de registros, de 5 para 13; e ‘mortes por desassistência’, que de um total de 11, em 2018, foi para 31 casos, em 2019.

Um dos responsáveis pelo relatório, Roberto Liebgott, que não são apenas dados números, mas vidas, pessoas e coletividades.

“Quando sistematizamos os dados, sentimos, junto com os Karipuna de Rondônia, a dor ao ouvir, de suas aldeias, o ronco incessante das motosserras, metáforas de destruição de uma natureza sagrada para os povos que nela habitam.  São as vidas ameaçadas de morte pelos grileiros e loteadores de terras que estão nos registros deste relatório. Sentimos também, com os Guajajara, a dor de ver assassinado Paulinho Paulino, um dos Guardiões da Floresta, no Maranhão.”, relatou Liebgott.

O Relatório Violência Contra os Povos Indígenas do Brasil de 2019 pode ser acessado através do seguinte endereço eletrônico: https://cimi.org.br/2020/09/em-2019-terras-indigenas-invadidas-modo-ostensivo-brasil/

Facebook Comments Box

Catraia Digital

Site colaborativo de notícias e variedades com informações atualizadas sobre o Amapá, o Brasil e o Mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.