Concurso exalta a beleza das mulheres negras do Amapá

Quarta edição do concurso Pérola Negra vai reunir 36 candidatas disputando o título de mais bela negra do Amapá

Está previsto para acontecer no dia 21 de novembro o concurso Pérola Negra, que tem objetivo de exaltar a beleza das mulheres negras do Amapá e abrir espaço para que mostrem seus grandes potenciais. Nesta edição estão inscritas 36 candidatas representando comunidades, clubes, bairros, municípios e famílias tradicionais do estado. O local do concurso ainda está sendo definido.

CONHEÇA O CANAL DO CATRAIA DIGITAL NO TWITTER. CLIQUE E SIGA!

O concurso que surgiu há 20 anos, na antiga boate Star Clube, foi resgatado em 2019 pelo produtor Ray Balieiro. A edição deste ano estava prevista para acontecer no mês de maio, ma devido a pandemia de coronavírus, a coordenação teve que aguardar a liberação dos eventos sociais para dar continuidade ao concurso.

“O objetivo do Pérola Negra é tirar do anonimato todas as moças negras e afrodescendentes, dando à elas empoderamento e elevando a autoestima”, explicou Balieiro.

As candidatas serão avaliadas nos seguintes quesitos de concursos como o Miss Amapá e Missa Brasil: traje (vestido de noite), maiô, passarela, beleza, presença de palco e oratória.

A vencedora desta ano receberá coroa, faixa e R$ 3 mil de premiação.

SIGA O CATRAIA DIGITAL NO INSTAGRAM!

Essa será a quarta edição do concurso de beleza que surgiu em 1980. As vencedoras das primeiras edições ainda na década de 80 foram Aparecida Ramos e Clarice da Fonseca Ramos. A atual campeã é Karen Jonnes, que venceu a competição em 2019.

Veja as candidatas:
Facebook Comments Box

Gabriel Dias

Repórter e editor no site Catraia Digital, com passagens pelo G1 Amapá, Portal Terra e Torcedores.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.